Hélder Nozima (5 Calvinistas) – Um direito à réplica.

30 11 2010

Hoje estava para aqui a ver as estatísticas do blog, quando vejo que tive uma visita através do site dos 5 Calvinistas num texto do Hélder Nozima.

Fui verificar e vejo que o Refoma Monergista (RM) está lá referenciado em uma critica aberta e pública ainda que a referencia seja pequena.

Neste texto darei a réplica a esta acusação.

1º Fico triste de ter que descobrir esta critica desta forma, acho que a atitude correcta caro Hélder seria o senhor pelo menos enviar um email ou deixar um comentário avisando para tal facto, até os blogueiros do mundo acerca de assuntos do mundo fazem isso, mais triste fico pois esta critica vem de um Cristão Calvinista, que deveria saber qual é o formato da disciplina Bíblica, pois não é por estarmos na Internet que as coisas mudam aos olhos de Deus. Espero sinceramente que tenha sido por esquecimento, (visto apenas ter feito apenas uma pequena referencia ao RM) e que os outros visados tenham tido um tratamento mais correcto na sua repreensão. Sempre que se referencia, cita ou republica algo é de bom tom avisar o seu autor (nem digo pedir autorização), especialmente quando essa referencia ou citação é alvo de uma critica.

2º A sua critica é injusta, pois o senhor não me conhece para afirmar que quem postou (ou republicou) o texto em questão não estava a orar como Abraão. Primeiro a oração é algo que não diz respeito a mais ninguém a não ser entre o orador e Deus, e colocar este texto não impede em nada que eu ore tanto pelo homossexuais como pelos assassinos, ateus, comunistas, espiritistas etc.. Segundo a oração de Abraão era em favor dos justos, para que Deus não punisse o justo (justificados para ser mais correcto) com os injustos. Logo esse argumento é falacioso e invalido, mas sim concordo consigo que devemos orar pelo arrependimento de essas almas, apenas acho que existem exemplos mais contextualizados na Bíblia para ilustrar esse ponto correctamente.

3º O texto (apenas me refiro ao que eu republiquei) que o senhor critica não tem nenhuma mentira ou inverdade de qualquer genero, ao contrario do seu que faz acusações graves acerca de alguns internautas (nos quais eu me incluo), Mas o que este texto diz é algo real o movimento homossexual activo, está claramente a tornar-se mais e mais violento. A sua única justificação é demonstrar amor por essas almas, eu primeiramente tenho amor a Deus, e se existe algo ou alguém que vai conta isso, eu não tenho problemas em ser imprecatório nos meus textos como os salmistas o eram nos salmos. (Esta ilustração, sim, ao contrario da sua está correcta e contextualizada)

Os cristãos não devem lutar por uma cultura pecaminosamente livre, muito pelo contrário!

Tenho pena de ter de estar aqui a escrever isto a um irmão na fé, mas não tive outra alternativa. Foi triste e lamentável ler o seu post, pela forma como o descobri essa critica mas especialmente pelo seu conteúdo (ou falta dele).

Fábio Silva


Ações

Information

6 responses

30 11 2010
Helder Nozima

Fábio,

Informei os autores dos textos: o Tiago, do Internautas Cristãos e o Luciano, do MCA. No seu caso e do Blog dos Eleitos, não fiz o comunicado porque vocês cometem o erro da reprodução, e não de autoria.

No mais, mantenho as críticas feitas.

Graça e paz do Senhor,

Helder Nozima
Barro nas mãos do Oleiro

30 11 2010
Luciano

Lamento também que é sobre um irmão que tal critica se inclinou.
Já escrevi dois no MCA sobre isso.
Ele disse que me avisou, mas avisou >DEPOIS que postou.
Não entendi o que é ‘erro de reprodução’.
Mas está claro que nosso irmão Helder está bem convencido do que escreveu, e acha que está contribuindo para o reino de Deus nessa empreitada.
Luciano

mcapologetico.blogspot.com

30 11 2010
fjccsbraga

Eu estou perplexo com este caso e sua proporção, e pelo facto de infelizmente, indirectamente o meu nome estar envolvido…

O que eu postei apesar de não ser meu fi-lo em consciência, e por solidariedade com os que neste momento estão a ser afectados por isso…

Eu também não sei o que o Ir. Helder quis dizer com isso, mas vejo-me obrigado a concordar, talvez tenha sido um erro sim.

Mas não foi erro pelo o que está lá escrito, foi erro ter criado um blog…e neste momento estou seriamente a ponderar cessar de postar por aqui…logo se vê!

Certo é que não darei mais importância a este assunto…e para mim o assunto morreu logo À nascença…

Obrigado pela força Luciano

Em Cristo

30 11 2010
Tiago Vieira

Fábio,

Fica aqui a minha solidariedade a você e ao Luciano.

Você não cometeu erro algum em reproduzir o texto do IC, pois nossos textos tem licença Creative Commons que permitem o livre-uso desde que não seja comercial e que cite a fonte. Você citou a fonte e não usou comercialmente, então está tudo certo.

Nós também republicamos textos de outros blogs em nosso blog, isso é prática comum entre os blogueiros. Se gostamos de um texto, nada mais normal que compartilhá-lo com nossos leitores.

Deixo meu incentivo para que você não desista de blogar, ignore as críticas infundadas e continue usando este espaço para a glória de Deus.

Em Cristo,

Tiago Vieira

2 12 2010
Helder Nozima

Fábio,

1) Não o avisei antes porque a minha crítica é endereçada, principalmente, aos autores dos posts. Como você não é autor, e apenas reproduziu o post, considerei que não precisava avisá-lo da publicação, já que o seu erro foi menor: o de reproduzir o texto. Daí o termo “erro de reprodução”, que considerava simples de ser entendido, mas me enganei.

2) Existem outros textos, melhores do que o reproduzido por você, para mostrar solidariedade ao Rev. Augustus Nicodemus e a Universidade Presbiteriana Mackenzie. Eles estão disponíveis do blog da Norma Braga: http://normabraga.blogspot.com.

3) Lamento que você não tenha visto problema algum no texto que você reproduziu, publicado pelo Tiago no site Internautas Cristãos. Eu vi uma série de problemas graves, que expus lá no 5 Calvinistas.

4) Acho um exagero você falar de parar de blogar. As críticas pesadas que fiz foram dirigidas ao Tiago, autor do texto. O que eu critiquei (e critico) em você foi o fato de você não perceber a agressividade do post e reproduzi-lo. Afinal, quem reproduz, concorda com o teor do que foi reproduzido. Acho que você não precisa se sentir tão ofendido por uma crítica simples.

Graça e paz do Senhor,

Helder Nozima
Barro nas mãos do Oleiro

2 12 2010
fjccsbraga

Irmão Hélder,

1) É chato descobrir seu nome (ainda que indirectamente) a ser associado a uma série de criticas desta forma…não sei como se sentiria na mesma situação…eu não reclamo por causa das criticas, isso é natural existirem, eu fico triste porque para mim é como se estivessem a falar nas minhas costas…mas ok…eu já esqueci isso, agradecia era que para a próxima (espero não haja próxima) me avisasse, e ponderasse avisar outras pessoas em situações idênticas.

2) Obrigado pela referencia irei ler assim que tenha mais tempo.

3) Nesse assunto penso que já estaremos falados, eu sou da opinião que aquele texto não tem nada que não seja verdade, caso contrário teria-o retirado imediatamente do “ar”. Peço que respeite a minha opinião da mesma maneira que respeito a sua

4) Eu não pondero isso em relação às criticas! Com isso eu lido bem…eu fico triste com a necessidade de protagonismo e de criar celeumas, sem olhar a meios (e neste ponto temos todos culpa)…eu não conheço a blogosfera cristã assim tão bem, por isso não sei se isto é um caso isolado, ou algo recorrente…mas quando irmãos na fé, colocam em causa a salvação uns dos outros, ou chamando fariseus do Sec. XXI (como o Helder fez ao Tiago) ou pondo em causa o seu calvinismo (como lhe disseram a si), ou quando andamos a ameaçar o outro com processos judiciais e por aí fora….eu questiono se a Glória de Deus está a ser buscada em primeiro lugar…

Sou a favor que se um filho de Deus, ocupar um cargo de governo, ele pode e deve assegurar que essa nação esteja de acordo (pelo menos em termos legislativos) com as leis de Deus, mas não só em relação ao homossexualismo, mas sim em tudo, educação escolar, casamento, o respeito aos mais anciãos, pornografia, etc.

Criminalizar o homossexualismo sou contra, mas se houvesse um referendo publico acerca de criminalizar as demonstrações publicas de homossexualismo aí seria algo que eu ponderaria seriamente, e com muita oração!

Mas para mim como já disse o assunto morreu, pois não vejo Deus a ser glorificado no meio de isto tudo, não por causa do assunto em si, que eu acho interessante, mas pela forma que estamos a discutir!

Em Cristo,
Fábio Silva

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: