Jesus é menor que o Pai!?!?!?

23 05 2011

Um dos argumentos usados pelas Testemunhas de Jeová para afirmar que Jesus não é Deus, é dizer que ele é menor. Infelizmente terei que dizer novamente que as Testemunhas de Jeová não conhecem a doutrina da Trindade (Jd 10). Segundo a doutrina da Trindade, Jesus quando veio ao mundo, se “despiu” de seus atributos divinos (mas não de sua divindade, pois continuou sendo Deus) tornando-se semelhante aos homens.


Jesus realmente afirma ser ele menor que o Pai.

“Ouvistes que eu vos disse: Vou, e voltarei a vós. Se me amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o Pai; porque o Pai é maior do que eu.” João 14:28

“Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai.” Mateus 14:28 

Mas isto se deve ao fato dele ter se humilhado. Jesus foi menor que o Pai pois assumiu forma humana. Antes do “Verbo se fazer carne”, e após a ressureição, Jesus é igual ao Pai. Jesus tomou sobre si a natureza humana. Nós podemos observar nos versículos abaixo que Jesus se humilhou:

“E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai.” João 1:14

“mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens;” Filipenses 2:7 

Mas Jesus foi novamente glorificado após a sua ressureição:

“Ora, isto ele disse a respeito do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito ainda não fora dado, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado.” João 7:39

“Agora, pois, glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que eu tinha contigo antes que o mundo existisse.” João 17:5

“E, aproximando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra.” Mateus 28:18

Jesus Cristo assumiu a posição de “servo” (Filipenses 2:6 e 7). Tornou-se também “menor” que os anjos, sem se tornar inferior a eles (Hebreus 2:9). Assim, sua humanidade, como a nossa, era limitada; mas, por outro lado, ele ainda era 100% Deus, ou seja, ilimitado.

Outro argumento que a STV usa para dizer que Jesus não é Deus, é dizer que Deus não é homem (Nm 23:19), e Jesus é (I TM 2:5). Esta é mais uma falácia da STV. Jesus é tanto Deus (Jo 20:28), como homem. Isto não é contraditório. Homens são criaturas, mas Jesus, sendo Deus, assumiu a forma das criaturas. Jesus nem sempre teve a natureza humana (Jo 1:14). As falácias da STV parecem ter fundamentos, mas na verdade são apenas falácias.

Como se tudo isso ainda não bastasse, a STV inventou outro argumento, a fim de tentar defender que Jesus mesmo ressurreto, ainda é menor que o Pai. O argumento está fundamentado no fato de Jesus, mesmo após a sua ressurreição, ser submisso ao Pai. Há vários argumentos que desmontam esta inconsistente afirmação.

Por exemplo, a Bíblia nos diz que os filhos devem ser submissos aos pais. Agora eu pergunto às TJs: isto indica que o filho tenha uma natureza inferior a do pai? É claro que não, pois tanto o filho como o pai tem natureza humana. Da mesma forma, a submissão de Jesus ao Pai não indica inferioridade de natureza, pois tanto Jesus como o Pai tem a mesma natureza, sendo que nenhum é inferior ao outro.

Por: Prof. João Flávio Martinez em http://www.cacp.org.br


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: