“Contextualização” e a Corrupção da Igreja

25 09 2011

John MacArthur

Deveria ser claro que os “marketers” da igreja moderna não podem olhar para o Apostolo Paulo em busca de aprovação da sua metodologia ou reclama-lo como pai da sua filosofia. Apesar de ele ter ministrado para os mais vis pagãos por todo o mundo romano, Paulo nunca adaptou a igreja de acordo com os gostos da sociedade secular. Ele não se atreveria sequer a pensar alterar quer a mensagem quer a natureza da Igreja. Cada uma das igrejas que ele fundou tinham a sua personalidade e conjunto de problemas, mas os ensinamentos de Paulo, a sua estratégia, e acima de tudo a sua mensagem permaneceram imutáveis durante o seu ministério. O seu meio de ministrar foi sempre pregar – A proclamação directa das verdades bíblicas.

Em oposição, a “contextualização” do evangelho hoje em dia infectou a igreja com o espírito da idade. Escancarou as portas da igreja para o mundanismo, superficialismo, e em alguns casos grosseiros, uma atmosfera de “show”. Agora o mundo define os objectivos da igreja.

Isto é claramente demonstrado num livro do James Davison Hunter, professor de sociologia na Universidade da Virginia. Hunter entrevistou os alunos em colégios e seminários evangélicos, e concluiu que o Cristianismo evangélico mudou dramaticamente nas ultimas três décadas. Ele descobriu que os jovens evangélicos têm-se tornado significativamente mais tolerantes com actividades já vistas como mundanas e imorais – como fumar, utilizar Marijuana, ver filmes para maior de idade, sexo pré-matrimonial. Hunter escreveu,

   As fronteiras simbólicas que dantes definiam a propriedade moral para o protestantismo conservador perderam uma medida de clareza. Muitas das distinções que separavam a conduta cristã do “mundanismo” foram desafiadas senão mesmo destruídas. Até as palavras mundano e mundanismo em apenas uma geração perderam a maior parte do seu significado tradicional … o significado de mundanismo de facto perdeu a sua importância para a próxima geração de evangélicos. (Hunter, Evangelicalism: The Coming Generation, 63)

O que Hunter notou entre estudantes evangélicos é um reflexo do que aconteceu à igreja evangélica inteira. Muitos cristãos professos parecem importar-se mais com o que o mundo pensa deles do que o próprio Deus pensa deles. As igrejas estão tão empenhadas em tentar agradar aos descrentes que muitos se esqueceram que o seu primeiro objectivo é agradar a Deus (2 Cor. 5:9). A igreja foi tão sobre-contextualizada que tornou corrompida pelo mundo.

Tradução: Fábio Silva

Original: John MacArthur in http://www.gty.org/Blog/B110922


Ações

Information

3 responses

26 09 2011
Felipe soldado de cristo

Cara, é um absurdo o que está acontecendo. Não existe mais culto, as pessoas só vão a igreja para saciar a sensualidade de seus ouvidos, só vão a igreja para se entreter na chamada hora do ”louvor”( Na verdade louvam a si mesmo, pois esse ”louvor” é um momento de entretenimento)As pessoas vão a igreja para se divertirem como se isso fosse um show.

É um absurdo a vida de muitos desses ”crentes” não conseguem passar 1 hora orando, mas passam 7 horas ouvindo idiotices como rock in rio. É um absurdo, eles não mudam de vida, eles não entende que ser cristão não é ficar indo a shows gospeis, mas sim passar horas orando e lendo a bíblia! É um absurdo que pais não levem seus filos á igreja, porém crianças de 1 mês estão indo para shows como rock in rio. É um absurdo que ninguém passe nem mesmo o domingo em comunhão com Deus, e sim em comunhão com o entretenimento. É um absurdo que ”crentes” não queiram passar 2 horas no culto, enquanto os não crentes não têm hora para voltar de suas festas carnais.
É um absurdo esse ”evangelho” moderno. Essa geração ser acha isso e aquilo, mas na verdade é uma geração hipócrita. onde as pessoas pensam que só porque vão á shows que chamam de culto, e passam o dia ouvindo músicas que exaltam seu ego( as chamadas músicas gospels) são salvos> Assistem programas que Deus abomina, mas só porque foram a frente de uma igreja uma vez na vida acham que são salvos. geração miserável! têm que aprender com homens de Deus como os puritanos, os maravianos, john wesley, george whitefield e tantos outros, que acordavam de madrugada para orar( pelas almas, não por coisas inúteis como bens materiais)liam a bíblia e pregavam o evangelho, o evangelho verdadeiro! Essa geração pensa que só pelo som da música que canta servem a Deus, eles nada sabem o que é servir a Deus! servir a Deus, é amar o Senhor acima de todas as coisas, amar o próximo como assim mesmo, orar á Deus pela alma do próximo, orar a Deus por santidade, orar a Deus que Deus possa capacitar-lo para viver para a glória de Deus, evangelizar sem medo de ser odiado por tudo e por todos, ler a bíblia chorando, desejar ser lixo e escória da humanidade! Eu queria poder escrever o que sinto, o que é ser cristão, mas me falta palavras!
Eu não passo de um verme pecador, queria poder orar por várias horas, ler a bíblia chorando, evangelizar sem medo de ser odiado. Peço para que Deus me der graça como deu aos puritanos, a whitefied, a wesley, a Jonathan Edwards, a spurgeon. Oh, que possamos sair da internet e ír ao nosso quarto, e a nossa paróquia( nossa paróquia é o mundo)

26 09 2011
fjccsbraga

Só posso dizer…

Amén Felipe…

27 09 2011
Felipe soldado de cristo

fjccsbraga, eu fique revoltado quando vir essa postagem. É um absurdo essa ‘gospeolatria’, esse cristianismo ‘entretenimental’. A contextualização do evangelho, é uma das maiores heresias inventadas pelo homem. A nossa regra é somente as escrituras, e nada mais do que elas!( sola scriptura)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: